ÁREAS DE CONCENTRAÇÃO E LINHAS DE PESQUISA



O Programa de Pós-Graduação em Psicologia da UFPA concentra as suas atividades nas áreas de Psicologia Clínica e Social, adotando as seguintes linhas de pesquisa:


Psicanálise: teoria e clínica

O objeto da Psicanálise e a constituição do campo psicanalítico; conceitos e clínica psicanalítica: inconsciente, pulsão, repetição, sintoma, estruturas clínicas, transferência, interpretação, construção, ato psicanalítico, lugar do analista e direção do tratamento; questões da clínica para a praxis psicanalítica; questões colocadas pela Psicanálise às instituições de saúde; a Psicanálise e a reformulação do campo da saúde mental; pesquisa universitária e clínica psicanalítica; a universidade e a transmissão da Psicanálise; interfaces entre Psicanálise, Arte, Filosofia e Ciências Sociais.

Docentes:

  • Profª. Drª. Ana Cleide Guedes Moreira: Sofrimento psíquico, psicopatologias, AIDS, Feminismos, mulheres.
  • Prof. Dr. Ernani Pinheiro Chaves: Estudos de conceitos psicanalíticos, na tradição Freud-Lacan. Psicanálise e Cultura, em especial, na relação entre expressões artísticas e identidades culturais. Filosofia e Psicanálise: Nietzsche, Teoria Crítica e Michel Foucault.
  • Prof. Dr. Mauricio Rodrigues de Souza: Alteridade, psicologia das massas, questões socioculturais.
  • Prof. Dr. Paulo Roberto Ceccareli
  • Profª. Drª. Roseane Freitas Nicolau: Teoria e clínica psicanalítica, psicanálise e ciência, conexões da psicanálise com o campo da saúde mental, Psicanálise e os fenômenos culturais.


Psicologia, Sociedade e Saúde

Estudo de categorias analíticas das abordagens teórico-metodológicas construídas na relação entre a psicologia e a sociedade; investigação das práticas em clínica ampliada, grupos e instituições; transdisciplinaridade em psicologia, sociedade e saúde; aporte de novos problemas epistemológicos, metodológicos e de ação a partir da perspectiva da interface entre psicologia e sociedade.

Docentes:

  • Prof. Dr. Alcindo Antônio Ferla: Saúde Coletiva, Políticas Públicas e modos de subjetivação, avaliação de políticas e do cuidado em saúde mental, integralidade em saúde.
  • Profª. Drª. Flávia Cristina Silveira Lemos: Processos de subjetivação contemporâneos e ontologia histórica do presente. Práticas de medicalização da educação e judicialização da vida. Cidades, estilística da existência, heterotopias e agonística. Teoria da história e análises de documentos na Psicologia Social-comunitária, Institucional e Política. Pesquisas conceituais com Foucault, Deleuze e Castel.
  • Prof. Dr. Janari da Silva Pedroso: Desenvolvimento humano; sistemas familiares; psicologia do cuidado; avaliação psicológica, testes psicológicos e psicoterapias.
  • Prof. Dr Leandro Passarinho R Junior: Processos de Subjetivação na contemporaneidade: perspectivas Foucaultianas. Implicações psicossociais na Educação e Saúde. Trabalho, adoecimento e medicalização da vida. Práticas de exclusão/inclusão social em grupos e instituições. Políticas Públicas, Poder e Produção da Subjetividade.
  • Profª Drª Maria Lúcia Chaves Lima: Diversidade sexual, relações de gênero e modos de subjetivação contemporâneos; processos de medicalização da educação e da sociedade; temas na interface psicologia e direitos humanos.
  • Prof. Dr. Paulo de Tarso Ribeiro de Oliveira: Saúde Coletiva; Saúde do Trabalhador e Sofrimento Psíquico; Políticas Públicas  de Saúde e Modos de Subjetivação;  Avaliação e Integralidade em Saúde.
  • Prof. Dr. Pedro Paulo Freire Piani: Infância e sociedade; saúde mental, instituições e grupos; políticas de produção de conhecimento.

Fenomenologia: teoria e clínica

O objetivo da linha é realizar pesquisas qualitativas acerca das práticas em psicologia clínica aplicada a saúde individual e coletiva, a partir de seu vértice fenomenológico existencial e hermenêutico; Pretende também dialogar com teorias dos cuidados paliativos e do sofrimento humano. As metodologias incluem a hermenêutica da linguagem estudos de casos e multicasos e revisões integrativas.As temáticas de interesse são: a experiência do luto,suicídio, morte, psicopatologias,psicoterapia na atenção básica efeitos subjetivos das tecnologias de informática e comunicação religiosidade.

Docentes:

  • Profª Dra. Adelma Pimentel: Psicoterapia gestaltica nos contextos de saúde coletiva; sofrimento gerado pelo envelhecimento, racismo e depressão; subjetivação e tecnologias de informática e comunicação, cuidar: uma ação da condição humana.
  • Profª Drª Airle Miranda: Processo de luto; Cuidados paliativos; Educação para morte.
  • Prof. Dr Cezar Seibt: Fundamentos ontológicos e antropológicos da psicologia; Fenomenologia e hermenêutica em Heidegger; Psicologias hermenêutico-existenciais; Morte e finitude; Psicologia e Educação.
  • Prof. Dr. Andrés Antunez: Psicoterapia em instituições, psicopatologia fenomenológica, acompanhamento terapêutico, fundamentos fenomenológicos da psicoterapia, a afetividade na clínica.
 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner